Tomar complementos de vitamina D poderia reduzir os riscos de mortalidade provocados por doenças como câncer ou diabetes, segundo um estudo que reforça a tese de que os antioxidantes têm um grande potencial medicinal. Os médicos Philippe Autier, da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer em Lyon (França), e Sara Gandini, do Instituto Europeu do Câncer em Milão (Itália), analisaram os resultados de 18 testes clínicos realizados antes de novembro de 2006 com 57.311 pessoas de 50 anos ou mais. Durante um período médio de acompanhamento de 5,7 anos, as pessoas que tomaram vitamina D apresentariam um risco de mortalidade 7% inferior aos que tomaram um placebo, concluíram os pesquisadores, cujos trabalhos foram publicados pelo “Journal of the American Medical Association”. Os resultados corroboram estudos recentes que indicam que deficiências em vitamina D aumentam o risco de morte por câncer, doenças cardiovasculares e diabetes, responsáveis por 60% a 70% das mortes nos países ricos. Fonte: Folha Online

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.