Adriany Vital Trabalhadores da Saúde de Mato Grosso do Sul pedem apoio ao TJ/MS (Tribunal de Justiça) e a OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) para a implantação ao PCC (Plano de Cargos e Carreiras) da classe. A categoria reivindica que o vice-presidente do TJ, desembargador Ildeu de Souza Campos, encaminhe com urgência determinação para que o governo do Estado cumpra o mandado de segurança favorável a implantação do PCC. Representantes do Sindsaúde fazem na tarde de hoje na Assembléia Legislativa um ato político em prol da implantação. A categoria ameaça uma paralisação caso a determinação não seja cumprida. Segundo o presidente do Sindsaúde, Júlio César das Neves, o judiciário já se posicionou favorável a ações individuais de 200 servidores que pedem enquadramento na lei 3193 de 2006. Pela proposta, mais de 3 mil servidores da saúde devem ser promovidos tendo os salários elevados em mais de 15% sobre o salário base. A medida também vai beneficiar a médio e longo prazo os servidores com mais tempo de serviço, refletindo nos rendimentos da aposentadoria. (fonte: jornal online Campo Grande News – 18.11.08)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.