A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (Sobrac) emitiram uma nota de esclarecimento em que repudiam qualquer ato que infrinja as leis vigentes e coloquem em risco a saúde da população. A nota foi divulgada após denúncias de que cardiologistas estariam reprocessando cateteres. As duas entidades esclarecem, porém, que, por determinação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), alguns produtos são passíveis de reprocessamentos.

Leia a nota aqui.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.