Ainda na primeira semana de janeiro, representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM) e dos Conselhos Regionais de Medicina (CRMs) se reuniram em Brasília para traçar estratégias de atuação em 2014. As perspectivas para o ano que começa e uma retrospectiva do que aconteceu em 2013 são alguns dos assuntos tratados na edição 228 do Jornal Medicina, disponível para leitura online na plataforma de publicações do CFM.

    A edição do periódico também traz uma entrevista com o presidente do CFM, Roberto Luiz d’Ávila, em que ele faz uma avaliação dos duros embates enfrentados pelos médicos nos últimos doze meses, reafirma a oposição do CFM ao programa Mais Médicos e exorta a classe médica a continuar mobilizada na defesa de uma Sistema Único de Saúde de qualidade, por justiça na relação entre médicos e operadoras de saúde e pela valorização da categoria. O presidente do CFM também faz um apelo pela união das entidades médicas. Mesma defesa é feita pelo presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), Geraldo Ferreira, em matéria publicada no jornal.

    Matéria publicada no jornal mostra que 94,1% dos estrangeiros que fizeram o Revalida em 2013 foram reprovados, o que revela os perigos pelos quais estão passando os pacientes que atualmente estão sendo atendidos por médicos que não tiveram seus diplomas revalidados. Com o apoio do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp), esta edição do Jornal Medicina traz uma série de entrevistas com médicos brasileiros que atuam na Itália, França, Canadá e Estados Unidos. Cada médico levou no mínimo dois anos para conseguir começar a atuar nesses países.
O descaso do governo federal com a epidemia das drogas está expresso na matéria sobre a baixa execução orçamentária do programa “Crack, é possível vencer”. Dos R$ 558,9 milhões previstos no orçamento federal em 2013, só foram executados R$ 166,6 milhões. Outra matéria que tem destaque nessa edição é o aumento de 31% no número de queixas contra planos de saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar. Os números reafirmam pesquisas feitas ano passado por entidades médicas, que também detectaram a insatisfação dos usuários.

    Por fim, o Jornal Medicina faz uma homenagem ao ex-conselheiro Pablo Chacel, morto em dezembro do ano passado. Mais notícias podem ser acessadas aqui, na versão online do jornal, acessível no banner localizado no alto da notícia.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.