Anahi Zurutusa Levantamento feito pela Associação de Portadores de Esclerose Múltipla no Estado de Mato Grosso do Sul (Aspem-MS), aponta que cerca de 400 pessoas são portadoras da doença no Estado. A associação afirma que o número é crescente e a quantidade de pacientes aumenta cerca de 20% a cada ano. A doença afeta mais as mulheres, numa proporção de três para um. A esclerose múltipla é uma doença auto-imune, crônica, que afeta o sistema nervoso central. Ela não tem causa definida e surge em adultos jovens – com idade entre 20 e 40 anos – comprometendo os movimentos e a visão. Sintomas como perda de visão unilateral, diminuição da força nas pernas e nos braços, formigamentos, dores faciais e vertigens podem significar o início da doença. A presidente da associação, Cleide Vaccari, 40 anos, conta que descobriu que tinha esclerose múltipla há oito anos, quando teve um surto de dormência nos membros inferiores. Hoje, Cleide está medicada e leva uma vida normal, mas afirma que devido à doença ser incapacitante e não ter cura – a melhor maneira de combater o rápido crescimento observado é a prevenção. “Existem tratamentos para evitar o aparecimento de mais sintomas e evitar o aparecimento. Os medicamentos são muito caros e, por isso, fornecidos pelo SUS. Mas a esclerose deve ser tratada desde o início, porque pode deixar sequelas se não descoberta logo. Muitas pessoas têm de fazer fisioterapia e consultas a fonoaudióloga para recuperar os movimentos e a fala”, explica a presidente da associação. Campanha Hoje, a partir das 11 horas, a Aspem-MS vai realizar uma panfletagem no Shopping Campo Grande. A ação faz parte das atividades do “Dia Nacional de Conscientização Sobre Esclerose Múltipla”. Os folhetos são explicativos e trazem informações sobre o que é a doença e quais são seus sintomas, além de destacar também a importância do diagnóstico precoce. Serviço: A Aspem-MS fica na Rua Brasilândia, nº 305, no bairro Tiradentes (zona leste da Capital). Mais informações pelo telefone (67) 3341-9532. (fonte: jornal O Estado de Mato Grosso do Sul – 30.08.08)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.