Quatro crianças de uma escola da Rede Municipal de Ensino foram assistidas pela equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) por sentirem os efeitos do forte calor e da baixa umidade relativa do ar, como informou nesta quarta-feira (dia 12), o coordenador da Defesa Civil, Rodolfo Vaz de Carvalho. “Felizmente foi algo pontual e que o Samu solucionou de imediato com aplicação de soro oral. O atendimento veio comprovar como correta a medida que adotamos, após reunião com os técnicos da Secretaria Municipal de Educação e com o coordenador do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), José Eduardo Cury, de não suspendermos as aulas, apesar da baixa umidade relativa do ar”, disse Rodolfo Vaz de Carvalho. Ele justificou a medida, ressaltando que se houvesse a suspensão das aulas, muitas das crianças não terão condições de receberem atendimento imediato, caso seja necessário. “Na escola, além dos professores e diretores, as crianças estão protegidas do forte calor e sob a atenção da municipalidade”, disse o coordenador da Defesa Civil. Fonte: Midiamax News

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.