O presidente da Confederação Médica Latino-Americana e do Caribe (Confemel) e vice-presidente do conselho Regional de Medicina (Cremers), Dr. Marco Antônio Becker, retornou nesta terça-feira da 59ª Assembléia Geral da Associação Médica Mundial. O evento, realizado em Seul, Coréia do Sul, teve como tema central alterações na Declaração de Helsinki, que dispõe sobre o regramento de experiências com seres humanos. A principal mudança atingiu o artigo 29, que dispõe sobre o uso de placebo (remédios sem efeito) em pesquisas. O artigo permite que placebos continuem a ser usados mesmo quando já exista tratamento eficaz e válido para efeitos de comparação com a droga em teste. Becker afirma que “apesar do voto contrário das delegações brasileiras, latino-americanas e africanas, onde normalmente ocorrem esses experimentos, prevaleceu a vontade dos países desenvolvidos e dos grandes laboratórios internacionais. Essa decisão foi uma agressão aos princípios éticos”. (fonte: Cremers – 22.10.2008)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.