Brasília – O Ministério da Saúde anunciou hoje (28) que irá investir R$ 94 milhões na realização de exames papanicolau e mamografias nos próximos três anos. A estimativa é que o número de exames papanicolau aumente em média 6,6% e as mamografias aumentem 24,6%, em relação a 2008. Os recursos serão coordenados pelo Programa Nacional de Controle do Câncer do Colo do Útero e de Mama que irá destinar R$ 85 milhões para procedimentos contra o câncer de mama e R$ 9 milhões no combate ao câncer no colo do útero. Com o valor, o ministério estima que sejam realizados, até o ano de 2011, 1,3 milhão de exames papanicolau e 1,8 milhão de mamografias a mais do que no ano passado. Outra medida anunciada hoje (28) foi a criação do Sistema de Informação do Controle do Câncer de Mama (Sismama) que poderá ser acessado a partir de junho desse ano. Com a nova ferramenta, o ministério terá acesso ao nome e à idade de pacientes, local de realização do exame e o tempo de espera e estágio do tumor. O objetivo do banco de dados é gerenciar as ações de rastreamento de câncer e o monitoramento dos procedimentos em relação à doença em todo o país para que possam ser planejados o uso de recursos e a oferta de serviços. As Secretarias Estaduais de Saúde deverão informar os dados referentes aos pacientes até o 15º dia de cada mês, na página eletrônica do ministério. Segundo o ministério, o Instituto Nacional de Câncer (Inca) já realizou o treinamento de profissionais de todo o país para o uso do novo sistema. (fonte: Agência Brasil – 28.04.09)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.