“O objetivo principal desse livro é documentar como o estudo genético revela a origem e história das doenças infecciosas”, relata o autor. No dia 11 de novembro, terça-feira, a partir das 18h30, acontece o lançamento do livro A história da humanidade contada pelos vírus, escrito pelo médico infectologista Stefan Cunha Ujvari. O coquetel e a noite de autógrafos ocorrem na Livraria Martins Fontes da avenida Paulista, nº 509 (próxima à estação Brigadeiro do Metrô). Essa publicação da Editora Contexto traz a genética definitivamente para a área das ciências do homem. O livro desvenda os segredos de DNAs, a semelhança oculta de doenças, as guerras terminadas com “ajuda” dos minúsculos intrusos. Também por causa dos estudos genéticos podemos conhecer tanto de uma doença descoberta há menos de três décadas: Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Hoje já se sabe que o HIV existia muito antes dos anos 1980, quando foi identificado pelos cientistas Luc Montagnier e Barré-Sinoussi, que este ano receberam o Nobel de Medicina. Assim como a aids, malária, sífilis, tuberculose, ebola, gripe, sarampo e diversos males que atacam a humanidade revelam muito mais da nossa história do que imaginamos. Os mesmos pequenos seres que atormentam a vida do homem podem ajudar, e muito, a descobrir os passos outrora secretos de povos, civilizações e até de indivíduos. A pesquisa genética ganhou grande importância nas últimas décadas. O autor segue os passos do homem ao longo das épocas, pelos continentes, a convivência com diversos animais, o encontro com outros seres humanos. Os microrganismos mostram a saga do homem desde muito antes de sua saída do solo africano para povoar outros continentes até as assustadoras epidemias que se alastram no século xxi. Homens e animais nascem com pedaços de DNA de vírus passados, que estão incrustados nos nossos genomas. Atento às pesquisas mundiais mais recentes, Ujvari conta, para leigos e cientistas, como esses pequenos seres têm sido protagonistas centrais e narradores, não meros coadjuvantes, do processo histórico. O autor relata a evolução do hantavirus, escondido durante milênios. Fala da misteriosa origem da sífilis. E mostra que parasitas podem ser reveladores: o piolho, por exemplo, nos conta quando o homem começou a usar roupas. Uma obra voltada a todos os interessados em História e Ciência. Nunca mais se poderá narrar os caminhos do homem sem antes investigar os caminhos silenciosos (ou nem tanto) desses pequenos seres. Com texto fluente e muito agradável, A história da humanidade contada pelos vírus é leitura imperdível. Stefan Cunha Ujvari é médico infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz – São Paulo. Mestre em doenças infecciosas e especialista em doenças infecciosas e parasitárias pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), foi professor da disciplina de Emergência Médica na mesma universidade. (fonte: Editora Contexto – 03.11.08)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.