Milena Crestani A Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau) vai montar postos de vacinação em alguns pontos de Campo Grande neste fim de semana para Imunizar as pessoas contra a rubéola e poliomielite. Por enquanto, as metas de vacinação ainda não foram atingidas. Hoje, das 8 horas ao meio-dia, um posto de vacinação será montado na esquina das ruas .14 de Julho e Barão do Rio Branco, na região central de Campo Grande. As vacinas também estarão disponíveis nos centros regionais de saúde das 6 horas ás 18 horas. No domingo (17), o posto de vacinação será nos altos da Avenida Monso Pena, quando ocorrem as atividades do Domingo na Avenida. A tenda. para yacinação será montada pelos acadêmicos da Uniderp-Anhanguera. A meta é imunizar 778 mil pessoas contra a rubéola em todo o Estado. A vacina é oferecida a homens e mulheres na faixa etária de 20 a 39 anos. Na Capital devem ser vacinadas 270 mil pessoas, entretanto, até ontem tinham sido imunizadas apenas 85 mil, o que representa 31% da meta. A campanha está sendo mais voltada aos homens porque eles não se imunizaram na última campanha – realizada em 2002. Somente neste ano, conforme a secretaria estadual de Saúde, foram registrados 14 casos de rubéola no Estado, todos em homens. A vacina será oferecida até o dia 12 de setembro. Mesmo as pessoas que se imunizaram em 2002 precisam tomar uma nova dose. Os sintomas da rubéola são semelhantes aos da gripe: dor de cabeça, dor ao engolir, dores. no corpo, coriza, aparecimento de gânglios (ínguas), febre, e manchas: avermelhadas pelo corpo. POLIOMIELITE A campanha contra a: paralisia infantil pretende imunizar 205,5 mil crianças com menos de cinco, anos de idade que vivem em Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, a meta é atingir pelo menos 67, mil crianças nesta faixa: etária. Até ontem, a Capital já tinha atingido 52%: da meta. A primeira etapa da vacinação encerrou-se no dia 26 de junho e não atingiu a meta de imunização. O objetivo era imunizar pelo menos 95% das crianças. Os pais devem levar as crianças aos postos de vacinação mesmo que não tenham tomado a primeira dose da vacina. (fonte: jornal O Estado de Mato Grosso do Sul – 16.08.08)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.