Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Conselhos discutem regularização da classificação de risco e dispensa de pacientes
Ter, 18 de Dezembro de 2018 09:29

O presidente do Coren-MS (Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), Dr. Sebastião Junior Henrique Duarte, se reuniu com o presidente do CRM-MS (Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso do Sul), Dr. Alex Fabiano Nametala Finamore, para tratar da regularização das condutas referentes a classificação de risco e dispensa de pacientes. A reunião aconteceu na manhã desta segunda-feira (17) na sede do CRM, no Parque dos Poderes.

Dados do Departamento de Fiscalização do Coren-MS apontaram que há instituições em que os enfermeiros realizam a classificação de risco e, em algumas situações, são os próprios enfermeiros que dispensam os pacientes, seguindo protocolo institucional. Situação que gera dilema ético, haja vista que a resolução do Conselho Federal de Medicina n° 2079 de 2014, deixa claro que todo paciente com agravo à saúde deverá OBRIGATORIAMENTE, ser atendido por um médico e que a dispensa ou encaminhamento é ato exclusivo dos médicos.

Assim, visando regularizar as ações que competem aos enfermeiros, foi que o presidente do Coren-MS protocolou documentos para providências do CRM, especialmente no caso de instituição que condiciona aos enfermeiros a dispensa de pacientes, eximindo que haja atendimento médico.

Entendendo as tratativas da reunião Dr. Alex se mostrou disposto a solucionar a problemática de forma rápida por meio de fiscalização. O representante dos médicos no Estado também pontuou a importância da união dos Conselhos para tratar de assuntos que envolvam os profissionais da saúde de Mato Grosso do Sul. “Um trabalho em conjunto tem mais efeito do que realizado de forma isolada”, comentou.

Dr. Duarte relatou ao presidente do CRM-MS, que tem feito orientação aos profissionais de enfermagem para quenão dispensem os pacientes sem o atendimento médico, de modo a não serem responsabilizados por eventos inesperados. No caso de instituições que tenham protocolo para a dispensa de pacientes, então, que a classificação seja feita por médicos, defendeu.

Caos em UPA

Além de tratar sobre o procedimento de classificação de risco e dispensa de atendimento de pacientes, Dr. Sebastião aproveitou para falar a respeito da situação da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Vila Almeida. Em fiscalização no início deste mês os fiscais do Coren-MS constaram que a unidade está com o dimensionamento de pessoal da enfermagem defasado, além falta de matérias e medicamentos.

O presidente do Coren-MS informou que o déficit no quantitativo de profissionais de enfermagem compromete a continuidade da assistência aos pacientes, com isso, poderá ter implicações no exercício da medicina, classificou Dr. Sebastião.

Um dos conselheiros do CRM também presente na reunião de hoje, Dr. Juberty Antônio de Souza, solicitou ao Dr. Sebastião cópia dos relatórios das próximas fiscalização realizada pelo Coren-MS para que o CRM possa ajudar na melhoria das condições de trabalho dos profissionais da saúde, além do atendimento à população.

 

Fonte: Coren MS

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 -  Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso do SUL - Todos os direitos reservados
Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, 305 Jd. Veraneio - Campo Grande - MS - CEP 79037-100
Telefone (67) 3320-7700 - Fax (67) 3320-7730 email crmms@crmms.org.br
Horário de atendimento das 7:30 às 11:30 - 13:00 às 17:00